sábado, 18 de agosto de 2012

Sermão do Mandato

Tumblr_lwyffo630u1qfkrbmo1_500_large

(...)
Ora vede: definindo São Bernardo o amor fino, diz assim: amor non quaerit causam, nec fructum: 'O amor não busca causa nem fruto'. Se amo, porque me amam, tem o amor causa; se amo, para que me amem, tem fruto: e amor fino não há de ter por quê, nem para quê. Se amo porque me amam, é obrigação, faço o que devo; se amo para que me amem, é negociação, busco o que desejo. Pois como há de amar o amor para ser fino? Amo quia amo, amo ut amem: 'amo porque amo, e amo para amar'. Quem ama porque o amam, é agradecido; quem ama, para que o amem, é interesseiro; quem ama, não porque o amam, nem para que o amem, esse só é fino.
(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...