domingo, 29 de julho de 2012

Im:perfeição


Fazemos diariamente um esforço para mudar o outro e não somos capazes de olhar para o nosso próprio comportamento. Egoístas demais. Apressados demais. Confusos demais. Afinal, o que queremos?
Eu quero ter paz. Quero ter equilíbrio. Ter força. Ter você. Me irrito com você, me estresso, perco a cabeça. Tudo isso pelo simples fato de você ser de uma forma que eu não consigo conceber. Prático. Simples. Racional. Fácil. Eu sou confusa e complicada e irracional e difícil e complicada de novo. Para completar, sou uma fera. Daquelas perigosas. Que têm unhas compridas. E afiadas. E fazem aquele "grrrrrrrrr". Fera. Ferona. Feraça. Feroraça.
Não seria muito mais simples se eu encarasse as coisas de um modo mais simples? Simplicidade, adoro essa palavra. Mas eu não sou simples. Sou diferente. Penso coisas que ninguém pensa. Faço coisas que mais ninguém faz. Sinto coisas que mais ninguém sente. Sou a im (perfeição) de sentimentos, atos, gestos, mente, corpo, espírito. Tudo junto e reunido e feliz e de mãos dadas.
A perfeição está nos meus olhos. Na maneira como enxergo as situações. E como eu me vejo. A perfeição está no meu humor. Está na minha emoção. Está nas minhas linhas tortas. Nos meus devaneios tolos. Não posso mudar você, nem o seu jeito. Ele me fere, sim, ele me fere. Eu entendo tudo o que você faz de outro jeito. Se você veio me ver e diz que está cansado e vai embora em seguida eu já penso que você não tem amor, nem consideração, nem nada de nada. Eu poderia pensar que você veio me ver, mesmo cansado e fez uma força e veio me ver e veio me ver e foi embora somente porque estava cansado e cansado. Mas veio me ver, mesmo cansado e é isso que importa. Mas eu nunca penso assim. Vejo pelo pior lado.
Pior lado para mim. Só para mim. Você se esforça, eu sei. Quero dizer que eu também me esforço. Meu jeito é mesmo esse: im (perfeito) de ser. E de sentir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...