domingo, 22 de janeiro de 2012

Escritora de gaveta: Dos contos de fada pra vida real


Há quem diga que o amor existe e que ele é pra sempre. Nós nascemos com essa ideia, com um objetivo que é o de encontrar o amor da sua vida, casar, ter filhos e viver feliz pra sempre, ou seja, desde pequenos sabemos que só podemos ser felizes se tivermos isso. Os livros infantis retratam que a felicidade só depende do amor e quando você encontra-lo não precisará de mais nada. Ilusório, não? Como se fosse fácil encontrar o amor recíproco e como se existissem príncipes e princesas. A gente cresce com essa ‘farsa’, de certo modo, mas dai vem a pergunta: Será que isso não é uma cobrança demais? Será que se a pessoa não encontrar seu amor ela não vai ser capaz de ser feliz? Sentir na pele que você não tem o amor da outra pessoa, saber que você não ama ninguém ou se ama, não é correspondido traz dor, traz muita dor.. por essa regra que nos é imposta indiretamente quando somos pequenos. Difícil é se ver sozinho quando todos os outros tem pessoas ao seu lado, tem o amor, que é a base de tudo. Como doi sentir um vazio por dentro, como doi estar abandonado e mais ainda não poder contar o que você ta sentindo pra ninguém, não saber como contar e ter receio disso. O amor era pra ser lindo e trazer a felicidade, mas na realidade de muita gente o que ele traz é tristeza.. talvez nós que somos tão imperfeitos fazemos esse sentimento sublime se tornar uma amargura. Quem nunca sofreu por amor, quem nunca derramou uma lágrima por alguém é porque nunca amou.. é porque nunca se entregou de verdade. Me irrita o modo como certas pessoas utilizam esse sentimento o banalizando, dizendo eu te amo como se fosse oi. Eu mesma as vezes digo com toda a certeza: “o amor não existe” mas se ele não existe o que eu sinto então? É contraditório, pra esquecer alguém, pra esquecer esse sentimento a gente se afunda numa ilusão que fazemos pra tentar tornar menos doloroso, mas isso só nos faz sofrer mais.. só faz a gente se enganar e ficar mais sombrio. Quem sofre demais por amor, quem toda vez que ama se decepciona .. passa a desacreditar nesse sentimento, passa a ter medo e de certa forma odiá-lo.. mas quando isso acontece a pessoa se entrega à solidão, à escuridão, à tristeza. Amar é uma tarefa árdua que consiste em três coisas: encontrar a pessoa certa, conquistá-la e respeitá-la. Nada nessa vida vai ser de graça, você quer? Então batalhe, lute pelo seu amor e saiba que a distância não impede ninguém de amar e estar junto! Você vai se decepcionar com as pessoas sim, e vai quebrar a cara, vai descobrir que você não amava e que você se envolveu num mundo que você criou pra esquecer alguém.. mais ai resta apenas que você acorde e siga em frente, vá em busca do que você precisa, em busca de você no outro, em busca do amor que se resume na busca da felicidade. Afinal quem busca nunca é indeciso e quem ama nunca esta sozinho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...