quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

5 filmes de Amor SEM clichê


Por mais que seja incrível sair bastante e aproveitar as férias ao máximo, nem sempre temos coragem e vontade$$ de sair por aí abalando o mundo. As vezes só queremos o aconchego do nosso lar, né? Se você também pensa assim, com certeza que você já deve ter esgotado seu estoque de ideias para se distrair nas férias.
Então bora sair da rotina dos filmes "água-com-açúcar", porque já passou da hora de atualizar sua filmografia!

Cinco filmes de amor sem clichê para você curtir nas férias


"Ter alguém ajudando não quer dizer que falhou. Apenas significa que você não está nesta sozinha." - Juntos pelo acaso: Uma comédia sobre aprender a dar um passo de cada vez - Mais um filme comédia/drama/romance incrivel, estrelado pela mais-incrivel-ainda Katherine!
Holly Berenson (Katherine Heigl) e Eric Messer (Josh Duhamel) se conhecem, mas o primeiro encontro deles é um verdadeiro desastre. A única coisa que eles têm em comum é a paixão pela afilhada Sophie (Alexis Clagett/Brynn Clagett). Só que um acidente fatal deixou a menina órfã dos pais e a dupla foi designada para cuidar da pequenina. Obrigados a permanecerem juntos para cuidar dela, eles enfrentam as dificuldades típicas de quem passa a ser pai e mãe de uma hora para outra e começam a se entender melhor.


"Às vezes, as coisas que você mais quer, não acontecem. E às vezes, as coisas que jamais esperaria, acontecem." - Amor e outras drogas : Para que resistir?
Durante o filme, a quimica entre Anne e Jake ( que já foi gato do mês) é tão forte que você chega a esquecer que é tudo ficção.  Jamie Randall (Jake Gyllenhaal) é um sedutor incorrigível do tipo que perde a conta do número de mulheres com quem já transou. Após ser demitido do cargo de vendedor em uma loja de eletrodomésticos, por ter seduzido uma das funcionárias, ele passa a trabalhar num grande laboratório da indústria farmacêutica. Como representante comercial, sua função é abordar médicos e convencê-los a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Em uma dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), uma jovem de 26 anos que sofre de mal de Parkinson. Inicialmente, Jamie fica atraído pela beleza física e por ter sido dispensado por ela, mas aos poucos descobre que existe algo mais forte. Maggie, por sua vez, também sente o mesmo, mas não quer levar adiante por causa de sua doença.


"Eu tenho um problema, eu acredito no amor verdadeiro." - Amizade Colorida:
É bem naquela formula antiga, que mistura, bom elenco e historia "eu-quero-viver-uma" à moda holliwoodian. Jamie (Mila Kunis) é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial (Justin Timberlake) a deixar seu emprego em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Ele aceita a proposta e logo os dois se tornam bons amigos. Um dia, após assistir um filme na casa dela, surge o papo do quanto a carência sexual incomoda ambos. Eles fazem um pacto de que terão apenas sexo, sem qualquer envolvimento emocional. Só que, aos poucos, a intimidade faz com que eles se tornem cada vez mais próximos e interessados um no outro.



"Essa é a história do garoto que conhece a garota. Mas você deve saber, que não é uma história de amor." - 500 dias com ela: Com toda certeza, você já ouviu falar desse filme. O filme retrata todo o ciclo da paixão pelos olhos de um romântico, contado de forma realista e ao mesmo tempo encantadora. 
Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) está em uma reunião com seu chefe, quando ele apresenta sua nova assistente, Summer Finn (Zooey Deschanel). Tom logo fica impressionado com sua beleza, o que faz com que tente, nas duas semanas seguintes, realizar algum tipo de contato. Sua grande chance surge quando seu melhor amigo o convida a ir em um karaokê, onde os colegas de trabalho costumam ir. Lá Tom encontra Summer. Eles também cantam e conversam sobre o amor, dando início a um relacionamento.





"E você é o tipo do homem que vale a pena esperar."
Diferente da maioria das produções brasileiras, “O Homem do Futuro” segue uma linha mais “hollywoodiana”.  Com um roteiro meio complicadinho, ele conquista fácil. João/Zero (Wagner Moura - outro que também já foi gato do mês!) é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena (Alinne Moraes), uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino. Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente e agora precisa encontrar um jeito de mudar essa história, nem que para isso tenha que voltar novamente ao passado. Será que ele conseguirá acertar as coisas? 

E então, meninas?! Vocês já assistiram? Gostaram? Se não assistiu, corre na locadora mais próxima,  ou no camelô do Centro.


Um comentário:

  1. Ja vi todos, inclusive semana passada eu assisti o homem do futuro e amei!
    Muito bons mesmo, recomendo²
    Beeijos

    http://brugonzaga.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...